Bombas explodem na produtora do Porta dos Fundos, no Rio de Janeiro

Por Vladimir Platonow, Agência Brasil
24 de Diciembre de 2019 11:36 PM Actualizado: 25 de Diciembre de 2019 10:53 AM

Duas bombas foram jogadas, na madrugada desta terça-feira (24), contra a sede da produtora responsável pelo programa Porta dos Fundos, no bairro Humaitá, zona sul do Rio de Janeiro. Segundo informações divulgadas em nota pela Polícia Civil, o caso foi registrado na 10ª Delegacia de Polícia, em Botafogo, como crime de explosão.

“Na madrugada desta terça-feira, artefatos explosivos foram lançados contra a fachada de um imóvel onde funciona a produtora, localizada no bairro Humaitá. Não houve informação de feridos”, informou a Polícia Civil. Segundo a nota, foi feita uma perícia no local e a equipe do Esquadrão Antibombas recolheu fragmentos das bombas para análise. “Diligências estão em andamento para esclarecer o caso”.

As produções do Porta dos Fundos, veiculadas pela internet e mais recentemente na Netflix, utilizam do humor para tratar de temas sociais, políticos e, eventualmente, religiosos. Um episódio especial de Natal deste ano, envolvendo Jesus Cristo, despertou polêmica e críticas, principalmente de setores cristãos.

Por volta das 20h30, a página oficial do Porta dos Fundos, no Facebook, publicou mensagem em que diz que condena o atentado: “O Porta dos Fundos condena qualquer ato de violência e, por isso, já disponibilizou as imagens das câmeras de segurança para as autoridades”. A mensagem diz ainda que espera que os responsáveis pelos ataques seja punidos.

Done a The Epoch Times

Cómo puede usted ayudarnos a seguir informando

¿Por qué necesitamos su ayuda para financiar nuestra cobertura informativa en Estados Unidos y en todo el mundo? Porque somos una organización de noticias independiente, libre de la influencia de cualquier gobierno, corporación o partido político. Desde el día que empezamos, hemos enfrentado presiones para silenciarnos, sobre todo del Partido Comunista Chino. Pero no nos doblegaremos. Dependemos de su generosa contribución para seguir ejerciendo un periodismo tradicional. Juntos, podemos seguir difundiendo la verdad.