Câmara dos Deputados já ‘enterrou’ 43 projetos para criminalizar o caixa dois

Projeto incluído no Pacote Anticrime de Moro foi apenas mais um sepultado para manter o esquema
Por Diário do Poder
18 de Noviembre de 2019 5:50 PM Actualizado: 18 de Noviembre de 2019 5:50 PM

Os deputados federais fogem da criminalização do “caixa dois” como o diabo da cruz. Até agora, eles já “mataram” 43 projetos sobre o assunto. O primeiro é datado de 2009. E logo trataram de exterminar esse ponto do Pacote Anticrime do ministro Sergio Moro (Justiça). Por ser de Moro, que a maioria da Câmara teme e detesta, e por criminalizar o caixa dois, claro. E sempre se utilizam de uma velha jogada: fazem tramitar juntos, “apensados”, projetos sobre mesmo tema, condenando-os às gavetas. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

O projeto de Moro foi apensado um mês após ser apresentado e, seis meses depois, estava engavetado com os demais 43 projetos.

O projeto que criminaliza arrecadar ou usar dinheiro ou bem em contabilidade “paralela” previa pena 2 a 5 anos. Já foi para o saco.

Há quase 11 anos, no governo Lula, projeto do então deputado Rodrigo Rollemberg (PSB-DF) tentou criminalizar o caixa dois. Foi para a gaveta.

Requerimentos de “desapensação” e votação são apresentados, mas prontamente rejeitados pela Mesa Diretora presidida por Rodrigo Maia.

Done a The Epoch Times

Cómo puede usted ayudarnos a seguir informando

¿Por qué necesitamos su ayuda para financiar nuestra cobertura informativa en Estados Unidos y en todo el mundo? Porque somos una organización de noticias independiente, libre de la influencia de cualquier gobierno, corporación o partido político. Desde el día que empezamos, hemos enfrentado presiones para silenciarnos, sobre todo del Partido Comunista Chino. Pero no nos doblegaremos. Dependemos de su generosa contribución para seguir ejerciendo un periodismo tradicional. Juntos, podemos seguir difundiendo la verdad.