PSG promete resposta rápida ao Barcelona após nova oferta por Neymar

Por EFE
27 de Agosto de 2019 Actualizado: 27 de Agosto de 2019

Paris, 27 ago (EFE)- Uma comitiva do Barcelona está na capital francesa nesta terça-feira para apresentar ao Paris Saint-Germain uma nova proposta para a contratação de Neymar, segundo informou o jornal “L’Équipe”.

Enquanto a diretoria se nega a confirmar a reunião, o jornal afirma que o CEO do clube catalão, Oscar Grau, lidera a comitiva, composta também pelo secretário-técnico, Éric Abidal, o diretor esportivo, Javier Bordas, e o representante do Barça no Brasil, o empresário André Cury.

Pelo clube parisiense, o diretor esportivo, Leonardo, é o único interlocutor na negociação, diante da ausência do presidente, Nasser Al-Khelaifi. A imprensa francesa estima que as posições de Barcelona e PSG estão muito distantes.

O Barcelona tenta convencer os franceses a aceitarem uma transferência mediante um empréstimo com pagamento, e de forma alguma está disposto a colocar na balança o atacante francês Ousmane Dembélé, o único jogador que interessa Leonardo.

Esta é a segunda reunião entre altos cargos para negociar a transferência do jogador brasileiro, até hoje o mais caro da história, pelo qual o PSG desembolsou há dois anos os 222 milhões de euros correspondentes à cláusula de rescisão estabelecida pelo Barcelona.

A proposta desta terça-feira pode ser a última apresentada pelo Barcelona, já que o mercado de contratações fechará na próxima segunda-feira.

Atualização com informações publicadas pelo jornal “L’Équipe”).

O Paris Saint-Germain se comprometeu a responder o Barcelona ainda nesta terça-feira ou amanhã, após oferta de 170 milhões de euros (R$ 766,1 milhões), em duas parcelas, para contratar o atacante brasileiro Neymar.

A proposta foi detalhada pelo jornal francês “Le Parisien” e teria sido feita após horas de reunião entre representantes do clube francês e do espanhol, que durou “várias horas”.

A oferta, dessa vez, não envolve a ida de nenhum jogador do Barça para o PSG, segundo apontou a publicação.

A informação do jornal francês “L’Équipe” é diferente, já que o veículo garante que na oferta dos ‘Blaugranas’, constam jogadores oferecidos ao time francês.

A reunião, diz o “Le Parisien”, terminou por volta de 16h30 local (11h30 de Brasília), sem um acordo. O diretor-esportivo da equipe da capital da França, Leonardo, no entanto, prometeu uma resposta nas próximas horas ao Barcelona.

O clube da Catalunha foi representado pelo diretor-geral, Oscar Grau, o secretário-técnico Eric Abidal, além do diretor Javier Bordas e o representante do Barça no Brasil, André Cury.

Ainda de acordo com as informações veiculadas pelo “Le Parisien”, a presença de Leonardo aconteceu contra a vontade do presidente do PSG, Nasser al-Khelaifi.

Faltando poucos dias para o fechamento da janela de transferências na Espanha, o Paris Saint-Germain vinha mantendo posição de só vender Neymar pelo valor desembolsado para contratá-lo há dois anos, ou seja, 222 milhões de euros (R$ 1 bilhão).

Segundo fontes próximas ao atacante brasileiro, conforme publicaram diversos veículos de comunicação, o desejo dele de atuar apenas pelo Barcelona já foi comunicado ao clube francês, descartando assim a possibilidade de ir para Real Madrid e Juventus, outros clubes que estariam interessados.

TE RECOMENDAMOS