ONU veta discurso do Brasil na cúpula do Clima

EUA, Arábia Saudita, Japão, Austrália e Coreia do Sul também estariam fora da lista de países que vão discursar na cúpula da ONU
Por Agência Sputnik Brasil
19 de Septiembre de 2019
Actualizado: 19 de Septiembre de 2019

A ONU vetou o Brasil da lista de países que vão discursar na Cúpula para Ação Climática das Nações Unidas, que ocorre na próxima segunda-feira (23), em Nova Iorque, por não apresentar compromissos com o clima.

De acordo com o enviado especial da secretaria-geral da ONU, Luis Alfonso de Alba, citado pela Folha de S.Paulo, a organização solicitou que os países enviassem um plano em relação aos compromissos climáticos. A seleção da lista de países que vão discursar na cúpula seria baseada na seleção dos discursos mais inspiradores.

“O Brasil não apresentou nenhum plano para aumentar o compromisso com o clima”, afirmou a fonte.

De acordo com a fonte, Estados Unidos, Arábia Saudita, Japão, Austrália e Coreia do Sul também devem ficar de fora da lista de discursos no evento. A lista total terá 63 países selecionados, incluindo França e Reino Unido.

O secretário-geral da ONU, António Guterres, convocou a Cúpula para Ação Climática da ONU estrategicamente para acontecer às vésperas da Assembleia Geral e conseguir um maior envolvimento dos chefes de Estado para as questões climáticas.

Link para a matéria original: https://br.sputniknews.com/brasil/2019091814532179-onu-veta-discurso-do-brasil-na-cupula-do-clima/

Done a The Epoch Times

Cómo puede usted ayudarnos a seguir informando

¿Por qué necesitamos su ayuda para financiar nuestra cobertura informativa en Estados Unidos y en todo el mundo? Porque somos una organización de noticias independiente, libre de la influencia de cualquier gobierno, corporación o partido político. Desde el día que empezamos, hemos enfrentado presiones para silenciarnos, sobre todo del Partido Comunista Chino. Pero no nos doblegaremos. Dependemos de su generosa contribución para seguir ejerciendo un periodismo tradicional. Juntos, podemos seguir difundiendo la verdad.

TE RECOMENDAMOS