Presidente do Uruguai é diagnosticado com tumor maligno

Por Noticia de agencia
23 de Agosto de 2019
Actualizado: 23 de Agosto de 2019

O diagnóstico de um exame realizado nesta sexta-feira confirmou que o presidente do Uruguai, Tabaré Vázquez, tem um tumor maligno, segundo informou a presidência em comunicado.

“Hoje foi realizado um exame que confirmou a presença de um tumor maligno. O relatório definitivo estará disponível nos próximos dias”, afirma o texto assinado pelo médico do presidente, o cardiologista Mario Zelarayán.

O documento explica que Vázquez “está em excelente estado e superou o procedimento sem complicações”. De acordo com a nota, “a determinação das futuras condutas terapêuticas” dependerá “do resultado dos exames andamento”.

Vázquez, que é oncologista de profissão, foi internado na quinta-feira em um centro de saúde de Montevidéu para ser submetido a exames e determinar o alcance do nódulo pulmonar descoberto recentemente e que ele mesmo divulgou na terça-feira.

O presidente, de 79 anos, chegou ao hospital à noite, no próprio carro particular, cumprimentou a imprensa que o esperava na porta durante todo o dia e entrou caminhando.

Uma vez internado, Vázquez foi submetido a uma biópsia, algo “fundamental”, nas palavras do presidente da Sociedade de Oncologia Médica e Pediátrica do Uruguai, Diego Ubillos, para determinar a malignidade da imagem “anormal” que foi detectada no pulmão.

Segundo explicou à Agência Efe o diretor de oncologia do Hospital Maciel de Montevidéu, Diego Touya, nestes casos a biópsia é feita através de uma fibrobroncoscopia com uma câmera que ingressa pelas fossas nasais para os brônquios e procura a lesão para tirar uma amostra de tecido.

Vázquez anunciou na terça-feira passada que foi diagnosticado com um nódulo pulmonar com “caraterísticas muito firmes” de que poderia se tratar de “um processo maligno”. No mesmo dia, disse que todos os exames e tratamentos necessários seriam feitos no Uruguai porque o país conta com “um corpo médico de excelência” e tecnologia de vanguarda.

Done a The Epoch Times

Cómo puede usted ayudarnos a seguir informando

¿Por qué necesitamos su ayuda para financiar nuestra cobertura informativa en Estados Unidos y en todo el mundo? Porque somos una organización de noticias independiente, libre de la influencia de cualquier gobierno, corporación o partido político. Desde el día que empezamos, hemos enfrentado presiones para silenciarnos, sobre todo del Partido Comunista Chino. Pero no nos doblegaremos. Dependemos de su generosa contribución para seguir ejerciendo un periodismo tradicional. Juntos, podemos seguir difundiendo la verdad.

TE RECOMENDAMOS