PT pressiona e relator da CPI do BNDES retira pedido de indiciamento de Lula e Dilma

Altineu Côrtes disse que alternativa seria rejeição completa do parecer, o que beneficiaria JBS e Odebrecht
Por Diário do Poder
17 de Octubre de 2019
Actualizado: 17 de Octubre de 2019

O relator da CPI do BNDES, deputado Altineu Côrtes (PL-RJ), não resistiu à pressão do PT e partidos “puxadinhos” e acabou retirando os pedidos de indiciamento dos ex-presidentes Lula e Dilma por corrupção passiva e formação de quadrilha.

Além dos petistas, nove funcionários do banco também tiveram os nomes retirados do relatório e esta tem tudo para ser a terceira CPI que investiga o BNDES e acaba em pizza. As ameaças para retirar os ex-presidentes do rol de investigados incluíram membros de outros partidos, que falaram em rejeição total do relatório de Côrtes.

Vencido, o relator disse que se o relatório não for votado, os beneficiados serão os irmãos Batista, donos da JBS, e a Odebrecht. “Alguém aqui quer defendê-los?”, indagou o parlamentar. “Acredito no que eu escrevi, sou um cara justo, mas se no entendimento político, a gente vai caminhar para não votar relatório nenhum, em detrimento das discussões políticas, na fumaça disso tudo, mais uma vez empresários que desviaram bilhões de reais, agentes públicos envolvidos nessas questões serão mais uma vez não indiciados”, disse Côrtes, ao tentar justificar a exclusão de Lula e Dilma.

Done a The Epoch Times

Cómo puede usted ayudarnos a seguir informando

¿Por qué necesitamos su ayuda para financiar nuestra cobertura informativa en Estados Unidos y en todo el mundo? Porque somos una organización de noticias independiente, libre de la influencia de cualquier gobierno, corporación o partido político. Desde el día que empezamos, hemos enfrentado presiones para silenciarnos, sobre todo del Partido Comunista Chino. Pero no nos doblegaremos. Dependemos de su generosa contribución para seguir ejerciendo un periodismo tradicional. Juntos, podemos seguir difundiendo la verdad.

TE RECOMENDAMOS