Várias marcas de cervejas contêm herbicida usado para matar ervas daninhas, informa estudo

Por JACK PHILLIPS
24 de Octubre de 2019 Actualizado: 25 de Octubre de 2019

Traços do herbicida RoundUp foram descobertos em cervejas e vinhos populares, de acordo com um relatório dos Estados Unidos do Fundo de Educação do Grupo Público de Pesquisa (USPIRG).

O RoundUp, um popular herbicida que usa glifosato, foi comprado pela alemã Bayer AG, que foi anteriormente propriedade da empresa agrícola Monsanto.

O USPIRG testou 15 cervejas e cinco vinhos e encontrou glifosato, um agente cancerígeno, em 19 deles.

O Roundup da Bayer está à venda em Encinitas, Califórnia, 26 de junho de 2017 (Mike Blake / Reuters)
O Roundup da Bayer, Califórnia, 26 de junho de 2017 (Mike Blake / Reuters)

As seguintes marcas de serveja estão afetadas: Budweiser, Coors, Miller Lite, Sam Adams, Corona, Heineken, Guinness, Stella Artois, Nova Bélgica e Samuel Smith Organic. Os vinhos incluem Beringer, Barefoot e Sutter Home, de acordo com o estudo.

Os níveis mais altos do produto químico foram descobertos no vinho de Santa Helena, que tinha 51 partes por bilhão, segundo o relatório. A marca é vendida em locais como Walmart, Target e outras redes populares.

Leia também:

Entre as cervejas, Tsingtao, a maior fabricante de cerveja da China, teve os níveis mais altos, com 49,7 partes por bilhão, informou o USA Today.

“Os níveis de glifosato que encontramos não são necessariamente perigosos, mas ainda são preocupantes, dados os possíveis riscos à saúde”, escreveu o USPIRG.

Mmmm, notes of oak, smoke, cherry and . . . glyphosate?

اس پر ‏‎MarketWatch‎‏ نے شائع کیا بدھ، 27 فروری، 2019

Um representante do grupo da indústria do Beer Institute disse que o relatório reconhece que os níveis de glifosato estão abaixo do risco da Agência de Proteção Ambiental (EPA) para bebidas.

“Nossos membros trabalham com agricultores que se esforçam ao máximo para cultivar suas culturas de maneira sustentável e segura. … Os resultados dos testes federais mais recentes mostraram que o uso de glifosato pelos agricultores está muito abaixo dos limites federais”, afirmou o porta-voz do USA Today.

“Um adulto teria que beber mais de 140 copos de vinho por dia, contendo o nível mais alto de glifosato, medido apenas para atingir o nível que o Escritório de Avaliação de Perigos em Saúde Ambiental (OEHHA) da Califórnia identificou como ‘Nenhum Nível de Risco Significativo'”, disse um porta-voz. para o Wine Institute disse ao jornal.


Uma foto de stock de Heineken (Mehran B / Pexels)

Mas o USPIRG disse em seu relatório que baixos níveis de RoundUp podem ser problemáticos.

“Embora esses níveis de glifosato estejam abaixo das tolerâncias de risco da EPA para bebidas, é possível que mesmo baixos níveis de glifosato possam ser problemáticos. Por exemplo, em um estudo, os cientistas descobriram que 1 parte por trilhão de glifosato tem o potencial de estimular o crescimento de células de câncer de mama e interromper o sistema endócrino”, de acordo com o relatório.

O USPIRG concluiu que o uso de glifosato nos Estados Unidos deve ser proibido até novo aviso.

(Courtesy of Boston Beer Company)
(Cortesia de Boston Beer Company)

Várias empresas nomeadas no estudo contestam as descobertas do USPIRG e sua precisão geral.

A vinícola orgânica Frey Vineyards disse que nenhum herbicida “foi usado” para produzir seus produtos, mas observou que “o glifosato em pequenas quantidades agora é encontrado na água da chuva devido à sua aplicação em terrenos agrícolas convencionais. O glifosato em pequenas quantidades pode ser encontrado em muitos produtos alimentícios nos Estados Unidos. Pedimos que os consumidores se manifestem para proibir todo o uso de glifosato ”, relatou o USA Today.

Enquanto isso, um funcionário da Bayer criticou o USPIRG por publicar informações enganosas.

Leia também:

“Supondo que o maior valor relatado, 51,4 ppb, esteja correto, um adulto de 58kg teria que consumir 308 galões de vinho por dia, todos os dias para que se chegasse ao limite de exposição ao glifosato da Agência de Proteção Ambiental para seres humanos nos Estados Unidos”, disse William Reeves, toxicologista da Bayer, ao USA Today. “Colocar 308 galões no contexto, seria mais do que uma garrafa de vinho a cada minuto, por toda a vida, sem dormir”.

MasterChef encontra a receita para a felicidade

MasterChef encontra a receita para a felicidade

MasterChef encontra a receita para a felicidade.Conheça o MasterChef Zizhao Luo. Ele nasceu para ser um chefe de cozinha. Quando ele tinha 13 anos, ele deixou a escola para aprender a cozinhar.Aos 19 anos, ele já era chefe de cozinha.E aos 28, ele se tornou o chefe executivo de um hotel cinco estrelas em Pequim. Sendo jovem e rico, ele tinha várias mulheres.Isso magoava profundamente sua esposa,resultando em discussões intermináveis.Quando seu filho nasceu, sua esposa desenvolveu uma doença incurável.

اس پر ‏‎Epoch Times – Sublime‎‏ نے شائع کیا اتوار، 15 ستمبر، 2019

 

 

TE RECOMENDAMOS