Área desmatada na Amazônia só foi maior durante o governo Lula

Foram 2,4 mil quilômetros quadrados desmatados a mais no governo Lula, em 2004
Por Diário do Poder
19 de Noviembre de 2019 Actualizado: 19 de Noviembre de 2019

O Prodes, sistema do INPE que monitora taxa de desmatamento na Amazônia, mostrou que a área desmatada cresceu 2,3 mil quilômetros quadrados desde o ano passado. A última vez que isso ocorreu foi entre 2003 e 2004, no governo Lula, quando a área de floresta destruída cresceu 2,4 mil quilômetros quadrados. Foram 27,8 mil quilômetros quadrados desmatados de 2003 a 2004. Segundo dados do Prodes, essa área é quase três vezes maior que a desmatada atualmente. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Segundo o Prodes, o desmatamento atual é 30% menor que a média histórica: 13,9 mil km2. Já foram desmatados 446,2 mil km2 desde 1988.

O ano de 1995, primeiro do governo FHC, teve o maior desmatamento registrado no Prodes (29,1 mil quilômetros quadrados).

Os anos de governo Dilma Rousseff, ao contrário do antecessor, registraram as menores áreas desmatadas.

O ano de 2012 teve o melhor resultado já registrado sobre o desmatamento na Amazônia: apenas: 4,6 mil quilômetros quadrados.

TE RECOMENDAMOS