Asteroide de meio quilômetro de diâmetro se aproximará do planeta Terra em setembro

Por Epoch Times
30 de Agosto de 2019 Actualizado: 31 de Agosto de 2019

Um grande asteroide de 290 a 650 metros de diâmetro que está se aproximando do nosso planeta, está sendo monitorado por astrônomos. Se trata de um corpo rochoso registrado sob o nome 467317 (2000 QW7), pelo Center for Minor Planets (IAU).

Sua próxima abordagem será em 14 de setembro, a 5.331,70 quilômetros, enquanto viajará a uma velocidade de 28,3 quilômetros por segundo, informa o IAU.

Dada a órbita estreita, ela é considerada “potencialmente perigosa” (PHA), porque fica a menos de 7,5 milhões de quilômetros da Terra e suas dimensões são mais de 140 metros, acrescenta a IAU.

Órbita de asteroides que passará perto de nosso planeta em 14 de setembro de 2019 (NASA / NEO / JPL)

O asteroide 2000 QW7 é monitorado porque é considerado um objeto próximo à Terra (NEO), cuja lista inclui cometas e asteroides que foram empurrados pela atração gravitacional de planetas próximos, para órbitas que lhes permitem entrar na vizinhança da Terra.

A distância da sua rota é bastante próxima, caso ele siga o caminho planejado e não se desvie.

Este corpo rochoso foi observado pela primeira vez em 3 de agosto de 2000. A análise de sua viagem ao redor do Sol determinou que é ele um asteroide do tipo Amor, ou seja, que orbita a uma distância mais alta da Terra, mas com aproximações da órbita do nosso planeta.

Rüdiger Jehn, especialista em asteroides que chefia o Departamento de Defesa de Asteroides da Agência Espacial Europeia (ESA), disse em 22 de janeiro, durante a Conferência Espacial em Darmstadt, Alemanha, que  ocorre o impacto de um objeto maior que 20 metros a cada 30 e 40 anos e objetos com até dez metros de diâmetro, quase todos os anos.

A seguir, é apresentado o mapa dos impactos de asteroides de 1988 até hoje. Os últimos 2 grandes impactos de asteroides de cerca de 20 metros podem ser vistos em vermelho. Um em Chelyabinsk, em 15 de março de 2013, em uma área escassamente povoada, que deixou mais de 1000 feridos, vários deles gravemente e outro a leste de Kamchatka, em 18 de dezembro de 2018.

Mapa dos impactos dos asteroides na Terra de 1988 a 2019 (JPL / NASA / Caltech)

O próximo asteroide na lista de riscos da ESA é o 2009JF1 de tamanho menor, com 13 metros de diâmetro, que se aproximará em junho de 2022. Existem 871 asteroides nesta lista.

TE RECOMENDAMOS