Avião com empresários e modelos cai pouco antes de chegar ao aeroporto de Caracas

Por DEBORA ALATRISTE
22 de Diciembre de 2019
Actualizado: 23 de Diciembre de 2019

Um avião que deixou a cidade de Guasipati, na Venezuela, com 9 passageiros, caiu na noite do dia 19 de dezembro, a 8 km do aeroporto Oscar Machado Zuloaga, no estado de Miranda, segundo relatos.

O jornalista Federico Black B. publicou no Twitter na quinta-feira que um avião King Air 100 com registro YV-1104 caiu no aeroporto de Caracas, Venezuela.

O capitão “fez contato 5 milhas antes do pouso, sem notícias”, segundo o AeroNoticiasVE.

No entanto, o avião entrou na fase de alerta às 19h de quinta-feira, depois de ter perdido a comunicação com a torre de controle, informou o jornal Lara de Lara. Estimava-se que ele aterrisasse entre 16:30 e 17:00.

Havia nove ocupantes a bordo do navio, incluindo homens de negócios e modelos, seu status é desconhecido, mas acredita-se que nenhum tenha sobrevivido, segundo relatos da imprensa.

Os passageiros do voo foram identificados como os empresários Humberto Vivanco e Mariano Díaz Ramírez, os modelos Alejandra Contreras e Ana Fois, além de Rafael Araujo, Daisy Colina, Alejandro Suegart, o capitão Héctor Alemán e o co-piloto Rafael Aristigueta, segundo a Infobae.

Oficiais da Polícia Estadual de Miranda, Proteção Civil e membros do Instituto Nacional de Aviação Civil iniciaram operações de busca e salvamento em uma área do município de Cristóbal Rojas, mas foram suspensos devido a dificuldades em acessar determinadas áreas junto com a escuridão do local, depois reiniciado às 6 da manhã na sexta-feira.

O jornalista Javier I. Mayorca escreveu no Twitter: “Embora as investigações estejam apenas começando, eles presumem que o incidente ocorreu devido a uma falha humana”.

AeroNoticiasVE disse que “Na lista de passageiros do Avion # YV1104, estavam Mariano Díaz (investigado pelo DEA) e Alejandro Enrique “Aleko”Suegart (empresário ligado à corrupção).

Federico Black disse que Alejandro Enrique Suegart “é acusado de aquirir irregularmente moedas via CADIVI” e Mariano Díaz ” estava associado à famosa”Banda de los enanos”.

Luis Velásquez Alvaray, ex-magistrado chavista do Supremo Tribunal de Justiça da Venezuela, disse que a “Banda de los enanos” é composta por magistrados, juízes e fiscais, liderados por Nicolás Maduro, para subornar, extorquir dinheiro e extorquir processos e decisões judiciais, disse o Panam Post.

As operações no aeroporto Oscar Machado Zulaga foram suspensas até as 18:30 da sexta-feira, hora da Venezuela, em 20 de dezembro.

Outros detalhes são desconhecidos até o momento.

*********

Assista também:

MasterChef descobre receita da felicidade

Done a The Epoch Times

Cómo puede usted ayudarnos a seguir informando

¿Por qué necesitamos su ayuda para financiar nuestra cobertura informativa en Estados Unidos y en todo el mundo? Porque somos una organización de noticias independiente, libre de la influencia de cualquier gobierno, corporación o partido político. Desde el día que empezamos, hemos enfrentado presiones para silenciarnos, sobre todo del Partido Comunista Chino. Pero no nos doblegaremos. Dependemos de su generosa contribución para seguir ejerciendo un periodismo tradicional. Juntos, podemos seguir difundiendo la verdad.

TE RECOMENDAMOS