Diante de câncer, Olivia Newton-John não quer saber quanto tempo lhe resta

Por LOUISE BEVAN
28 de Agosto de 2019 Actualizado: 28 de Agosto de 2019

“Tenho muita sorte de ter passado por isso três vezes e ainda estar aqui”, celebrou a atriz, cantora, mãe e ativista de pesquisa do câncer Olivia Newton-John.

Olívia tem um câncer no estágio quatro que pode ter se espalhado para a base da coluna, mas seu espírito é inabalável.

“Sabemos que vamos morrer em algum momento e não sabemos quando será”,continuou ela em uma reveladora entrevista ao 60 Minutes Australia em 4 de agosto de 2019. “Quando você recebe um diagnóstico de câncer ou um diagnóstico de doença assustadora”, disse Olivia,” de repente, você tem a possibilidade de um prazo”.

Amid her battle with stage 4 breast cancer, Olivia Newton-John revealed that she chooses not to focus on how much time doctors say she has left to live.

تم النشر بواسطة ‏‎USA TODAY‎‏ في الثلاثاء، ٦ أغسطس ٢٠١٩

“Se alguém lhe disser: ‘Você tem seis meses de vida’, você muito possivelmente acreditará nisso”, explicou ela. “Para mim, psicologicamente, é melhor não ter nenhuma ideia do que eles esperam […] eu não sintonizo”.

Olivia, 70 anos, está lutando contra o câncer pela terceira vez em sua vida. Ela recebeu seu primeiro diagnóstico devastador, câncer de mama, em 1992. Após um acidente de carro em 2013, os médicos descobriram, por sorte, que o câncer havia retornado a tempo de tratá-lo, desta vez em seu ombro.

Em 2018, a artista icônica revelou que teve câncer pela terceira vez, nas costas, sendo um tumor se desenvolveu e metastatizou na base da coluna.

“When you’re given a cancer diagnosis or a scary illness diagnosis, you are suddenly given a possibility of a time limit.”

تم النشر بواسطة ‏‎The Independent‎‏ في الثلاثاء، ٦ أغسطس ٢٠١٩

Olivia Newton-John com seu cachorro, Geordie, em sua casa em Hadley Common, Hertfordshire, em junho de 1970 (© Getty Images | Chris Ware / Keystone Features / Hulton Archive)
Olivia Newton-John com seu cachorro, Geordie, em sua casa em Hadley Common, Hertfordshire, em junho de 1970 (© Getty Images | Chris Ware / Keystone Features / Hulton Archive)

“Eu vejo isso como algo no meu corpo do qual estou me livrando”, compartilhou ela, revelando sua abordagem filosófica sensata à perspectiva aterrorizante de uma saúde em declínio. “Caso contrário, você se torna uma vítima”, continuou ela, “algo que eu não quero ser, e eu não sou”.

“Ou, você se torna um escravo disso.”

Olivia newton-john na estréia de "It´s my Party" em sydney, Austrália, 1996 (© Getty Images | Patrick Riviere)
Olivia newton-john na estréia de “It´s my Party” em sydney, Austrália, 1996 (© Getty Images | Patrick Riviere)

Olivia está dando um tempo para se concentrar em si mesma, sua recuperação, sua família e entes queridos. Mas a ativista altruísta também está usando seu tempo para ajudar os outros.

Olivia está leiloando recordações de filmes (incluindo aquelas famosas calças pretas justas na pele do musical Grease de 1978) para arrecadar dinheiro para sua Olivia Newton-John Cancer & Wellness Center, em Melbourne, na Austrália.

E sim, Olivia não resistiu em experimentar a calça por diversão primeiro, e ela ainda serve. Muito bem Olivia!

Olivia Newton-John e seu marido John Easterling se preparam para liderar o Wellness Walk em Melbourne, na Austrália, em 15 de setembro de 2013 (© Getty Images | Scott Barbour)
Olivia Newton-John e seu marido John Easterling se preparam para liderar o Wellness Walk em Melbourne, na Austrália, em 15 de setembro de 2013 (© Getty Images | Scott Barbour)

Em janeiro de 2019, conforme informou o Independent, Olivia refutou relatos de que estaria “à beira da morte”. De fato, em 2019 até agora a saúde de Olivia tem mostrado sinais vitais de estabilidade, em grande parte devido ao marido de onze anos, John Easterling.

O empresário ecológico cuida de sua amada esposa com um coquetel personalizado de remédios à base de plantas. Segundo a Culture Magazine, o controle da dor e a mobilidade geral de Olivia “aumentaram substancialmente” como resultado.

É verdade que todos nós podemos ser atingidos por um caminhão amanhã. Mas para Olivia, esse velho ditado significa mais para ela hoje do que nunca. Longe de ser uma razão para desistir, é uma razão para continuar lutando mais do que nunca pela vida que ela deixou.

“Todo dia é um presente”, disse ela, compartilhando sua perspectiva incrível com o ET Online. “Eu pretendo ficar aqui por muito tempo, ainda tenho muito o que fazer!

Olivia, você é uma inspiração para todos nós.

TE RECOMENDAMOS