Encontrado na Argentina recém nascido em aterro sanitário cercado por cães

Por ANASTASIA GUBIN - epoch times
13 de Septiembre de 2019
Actualizado: 13 de Septiembre de 2019

Os Moradores de San Luis del Palmar, na Argentina, encontraram um bebê recém-nascido nu, cercado por cães, em um aterro na estrada.

“Felizmente encontramos o bebê ainda vivo”, disse Hugo Verón, motorista da ambulância 107 em declarações à Rádio Dos, depois que uma mulher notificou no domingo, 9 de setembro, o Hospital San Luis de Palmar.

“Quando chegamos, havia 50 cães rondando no local. As moscas estavam perto da placenta ”, disse ele, apontando que “dizer é uma coisa, ver é outra.”

Era uma estrada antiga que fica na saída da cidade, disse Verón. “Quando chegamos ao local, tivemos que aquecê-lo”, acrescentou.

A enfermeira Mirian Ruiz Diaz, que atendeu o bebê, disse que o recém-nascido “não está em risco”,

“Deus existe e está em toda parte”, acrescentou ele. “Estava muito quente e, portanto, ele conseguiu aguentar. Estava nu e com uma toalha de mão.”

Ele também enfatizou que “estava todo sujo, com folhas. O garoto que o encontrou, pelo desespero que teve, o protegeu e o cobriu com a camisa ”.

O bebê foi levado ao Hospital Neonatal Eloísa Torren de Vidal, onde a diretora Lilian Méndez Gallino disse que ela era saudável, pesa 2800 gramas e, presumivelmente, o parto ocorreu em um local sem cuidados médicos, mas que o bebê não estava com frio ou com fome , relatou North Corrientes.

Mais tarde foi anunciado que a estrada onde o bebê foi encontrado é uma área cheia de lixo que fica atrás do hospital, perto da Rota 44, onde havia até animais mortos.

O comissário major Felipe Correa, chefe da unidade regional de San Luis del Palmar, explicou que eles estão trabalhando “com pistas sólidas” para encontrar o paradeiro da mãe. “Acho que conseguiremos um bom resultado”.

Neste momento, um caso é seguido pelo abandono da pessoa, no Tribunal de Instrução nº 5 e uma causa do bebê, no Tribunal de Menores nº 1 de Corrientes.

Um funcionário do tribunal disse à estação de rádio que o garoto se chamava Luis Nazareno. “O nome dele é Luis por causa do lugar onde ele nasceu e Nazareno por Jesus de Nazareno.”

Done a The Epoch Times

Cómo puede usted ayudarnos a seguir informando

¿Por qué necesitamos su ayuda para financiar nuestra cobertura informativa en Estados Unidos y en todo el mundo? Porque somos una organización de noticias independiente, libre de la influencia de cualquier gobierno, corporación o partido político. Desde el día que empezamos, hemos enfrentado presiones para silenciarnos, sobre todo del Partido Comunista Chino. Pero no nos doblegaremos. Dependemos de su generosa contribución para seguir ejerciendo un periodismo tradicional. Juntos, podemos seguir difundiendo la verdad.

TE RECOMENDAMOS