Mãe de 15 anos entrega seu bebê para adoção. 35 anos depois, seu filho está logo atrás dela

"Já se passaram 13.075 dias desde a última vez que você me viu", disse Stephen. "Eu não queria que você esperasse mais"
Por Louise Bevan
24 de Agosto de 2019 Actualizado: 24 de Agosto de 2019

Uma mãe e atleta de Pittsburgh teve a maior surpresa de sua vida na linha de partida da Meia Maratona de Pittsburgh; um encontro de muita emoção com seu filho biológico.

Stacey Faix engravidou com a idade de 15 anos e tomou a decisão comovente de dar seu bebê recém-nascido para adoção, esperando que seu filho tivesse uma vida melhor. Muito jovem e não se sentindo pronta para ser mãe, Stacey se despediu com tristeza sem ao menos poder abraçar o bebê.

Stephen Strawn cresceu e, cheio de curiosidade, começou a procurar evidências de sua mãe biológica. Mal sabia ele na época, mas sua certidão de nascimento original havia sido perdida em uma enchente, tornando sua pesquisa mal sucedida.

Em novembro de 2017, as leis foram foram modificadas para permitir que crianças adotadas tivessem acesso a certidões de nascimento contendo os nomes de seus pais biológicos, e a pesquisa de Stephen foi reiniciada.

“Eu procuro há anos”, disse Stephen à ABC. “Tem sido um beco sem saída.” Em um esforço final, o determinado homem de 35 anos enviou suas informações a uma agência. Ele só teve que esperar um mês, e sua longa e completa busca terminou.

“Foi um grande suspiro de alívio”, admitiu Stephen; o nome de Stacey estava na certidão. Ele a encontrou no Facebook e enviou uma mensagem para sua mãe no dia seguinte.

"It's something you see in the movies."

تم النشر بواسطة ‏‎ABC News‎‏ في الاثنين، ٧ مايو ٢٠١٨

“Eu disse: Oi, eu tenho uma pergunta muito estranha pra te fazer”, disse Stephen. “Você deu uma criança para adoção em 1982?”

Stacey respondeu afirmativamente. Stephen respondeu com uma frase: “Eu acho que talvez você seja minha mãe biológica”.

 (Cortesia de Stephen Strawn)
(Cortesia de Stephen Strawn)

Antes que os dois pudessem conversar sobre o encontro, Stephen percebeu que tinha a oportunidade perfeita de fazer uma surpresa. Stephen, um veterano da Força Aérea, descobriu que sua mãe era membro do grupo de Pittsburgh da Equipe Red, White and Blue (RWB), um grupo que apoia e arrecada fundos para veteranos.

 (Cortesia de Stephen Strawn)
(Cortesia de Stephen Strawn)

Stacey havia se comprometido a correr a Meia Maratona de Pittsburgh. Incrivelmente, Stephen era membro do comitê da RWB em Ohio e também participaria da maratona. A oportunidade era incrível demais para ser desperdiçada.

Com a ajuda do presidente do grupo de Pittsburgh, Stephen assegurou a presença da mídia no local e esperou pelo momento perfeito para surpreender sua confiante mãe.

 (Cortesia de Stephen Strawn)
(Cortesia de Stephen Strawn)

A certa altura, a esposa de Stephen, que participava da surpresa, teve que levar o marido a um banheiro móvel para se esconder de Stacey; como tudo estava saindo como planejado, o plano de Stephen foi mantido.

Momentos antes do início da corrida, alguém deu a Stacey um cartão manuscrito.

“Já se passaram 13.075 dias desde a última vez que você me viu”, disse Stephen. “Eu não queria que você esperasse mais.”

A expressão no rosto de Stacey dizia tudo. Ela sabia quem estava atrás dela e mal podia esperar para tê-lo em seus braços. Assista ao vídeo do encontro e se emocione com o momento em que Stacey vê e abraça o filho que havia perdido há 35 anos!

“Fiquei muito emocionado e comecei a chorar”, disse Stephen à Inside Edition. “Enquanto estávamos nos abraçando, ela disse: ‘Eu nunca te abracei”, e isso partiu meu coração”.

“Eles não queriam que eu o abraçasse”, explicou Stacey ao WTAE. “Disseram que não era recomendável. Agora, eu finalmente posso abraçá-lo!”

تم النشر بواسطة ‏‎Stacey Dawn‎‏ في الأربعاء، ١٩ ديسمبر ٢٠١٨

Como se conhecer sua mãe biológica não fosse suficiente, um feliz e emocionado Stephen também conheceu suas irmãs biológicas, que o ajudaram a preparar a surpresa.

تم النشر بواسطة ‏‎Stacey Dawn‎‏ في السبت، ١٥ سبتمبر ٢٠١٨

Mãe e filho correram lado a lado. “A corrida foi ótima”, disse Stephen mais tarde. “Terminamos em 2 horas e 50 minutos, mas ali ninguém queria ser o mais rápido”. Na verdade, tratava-se de recuperar o tempo perdido. E a família fez isso, em um alegre e festivo piquenique ao ar livre depois da corrida.

My baby boy s going for a 100 miles. Wish him luck..

تم النشر بواسطة ‏‎Stacey Dawn‎‏ في السبت، ١ ديسمبر ٢٠١٨

Stephen e sua esposa foram convidados a assistir à formatura de sua irmã biológica e, em troca, os Strawns convidaram Stacey e sua família para ir a Ohio participar de um piquenique no verão. “É algo que você só vê nos filmes”, Stephen sorriu.

“Tudo estava perfeito.”

TE RECOMENDAMOS