Menino morre eletrocutado ao usar seu celular Huawei durante carregamento (Vídeo)

Outros casos aconteceram recentemente, todos relacionados ao risco de eletrocussão ao usar produtos defeituosos ou falsificados, especialmente se o cabo do carregador estiver com defeito
Por Jesús de León, La Gran Época
26 de Agosto de 2019 Actualizado: 26 de Agosto de 2019

Um menor morreu eletrocutado ao usar seu celular Huawei enquanto estava conectado a uma tomada em um restaurante na China.

O menino de 13 anos, que foi identificado por seu sobrenome Liu, estava em um restaurante de frango frito com um colega de classe quando o acidente fatal ocorreu.

O incidente ocorreu na sexta-feira (17) em Nanchang, capital da província de Jiangxi, informou a rede Jiangxi Net TV, segundo o Daily Mail.

A vítima, sentada a uma mesa, conectou seu telefone na tomada e começou a brincar com seu celular, sem imaginar que um choque elétrico lhe tiraria a vida.

On August 16, 2019, a 13-year-old boy was electrocuted when playing with a mobile phone while charging in a fast food restaurant

تم النشر بواسطة ‏‎Jeff Chee‎‏ في الأربعاء، ٢١ أغسطس ٢٠١٩

Uma câmera de vigilância mostra Liu e um amigo sentados a uma mesa juntos.

A vítima estava vestida com uma camisa verde-clara e segurava o telefone quando o ligou a uma tomada.

Segundos depois, o corpo inteiro de Liu tremeu quando ele aparentemente recebeu um choque elétrico do smartphone.

Ele imediatamente desabou em seu assento e ainda segurava seu telefone enquanto seu amigo se aproximava para ver como ele estava.

Ele foi levado para o hospital por seu colega e por outras pessoas que testemunharam o que aconteceu.

Depois que os médicos tentaram ressuscitá-lo por mais de duas horas, ele foi declarado morto no hospital.

Smartphones da fabricante Huawei em uma loja em Xangai em 27 de maio de 2019 (HECTOR RETAMAL / AFP / Getty Images)
Smartphones da fabricante Huawei em uma loja em Xangai em 27 de maio de 2019 (HECTOR RETAMAL / AFP / Getty Images)

De acordo com o relatório médico, o menino morreu “eletrocutado”, segundo informou a irmã mais velha de Liu.

Ela disse à emissora de televisão, segundo o Daily Mail, que os médicos informaram que o menino morreu devido a uma forte descarga elétrica. Ela frisou que marcas de queimaduras foram encontradas no rosto e no corpo de seu irmão.

Ela responsabilizou a tomada do restaurante pelo acidente e pediu uma investigação.

Ela explicou que o telefone havia sido carregado com um cabo comprado em uma loja perto de sua casa, e que não era o original que acompanhava o aparelho, mas que o telefone e o cabo funcionaram normalmente após o incidente, acrescentou.

O caso está sendo investigado pelas autoridades locais.

A lanchonete ficou fechada por dois dias, mas já foi reaberta.

O gerente do estabelecimento selou a tomada em questão, de acordo com o relatório.

Um caso semelhante na Tailândia

Em uma nota relacionada, em junho soube-se que um jovem tailandês foi eletrocutado por usar o celular enquanto o carregava. A mãe, que encontrou o corpo do jovem, disse que ele era viciado no aparelho.

Thirawat Khuensungnoen, 22 anos, foi eletrocutado ao usar o telefone enquanto o carregava. O incidente aconteceu na província de Nakhon Ratchasima, e quem encontrou o corpo sem vida do jovem foi sua mãe, Duangdeun.

“Meu filho era viciado em jogos de celular. Ele jogava muito, e não me ouviu quando eu disse a ele para parar”, disse a mulher. Segundo a polícia, Thirawat morreu eletrocutado três a cinco horas antes da descoberta de seu corpo.

O jovem foi encontrado com o smartphone na mão esquerda e conectado à tomada. O dedo indicador da mão direita se soltou do corpo devido à força do choque elétrico.

Outros casos aconteceram recentemente, todos relacionados ao risco de eletrocussão ao usar produtos defeituosos ou falsificados, especialmente se o cabo do carregador estiver com defeito.

Se o carregador for muito barato, ele pode funcionar mal e enviar até 240 volts através dos fios para a cabeça.

Em fevereiro deste ano, Kritsada Supol morreu após ser eletrocutado na cama enquanto carregava seu telefone e ouvia música no aparelho ao mesmo tempo.

TE RECOMENDAMOS