Na volta ao PSG, Neymar resolve com golaço e garante vitória por 1 a 0

Por EFE
14 de Septiembre de 2019
Actualizado: 14 de Septiembre de 2019

Redação Central, 14 set (EFE)- Na primeira partida oficial pelo Paris Saint-Germain nesta temporada, o atacante Neymar tirou o atual bicampeão nacional do sufoco neste sábado ao marcar um golaço nos acréscimos do segundo tempo e garantir a vitória sobre o Strasbourg por 1 a 0, no Parc des Princes, pela quinta rodada do Campeonato Francês.

Neymar não vestia a camisa do PSG desde a vitória sobre o Angers por 2 a 1, pela Ligue 1 da temporada passada, em 11 de maio. Desde então, entre suspensão, lesão e litígio para deixar o clube, o camisa 10 perdeu bastante moral com a torcida, que hoje voltou a exibir faixas contra o brasileiro o xingou durante praticamente todo o duelo.

Porém, com a bola rolando, Neymar voltou a ser a liderança técnica do time dirigido por Thomas Tuchel, que não pôde contar com os outros dois grandes atacantes do elenco, Mbappé e Cavani, ambos machucados. Icardi, contratado por empréstimo junto à Inter de Milão, estreou ao entrar no segundo tempo.

Melhor durante toda a partida, o PSG teve as melhores chances apenas na parte final. Aos 39 minutos da etapa final, Neymar cobrou escanteio fechado e quase marcou gol olímpico, acertando a trave. Mais tarde, aos 46, ele aproveitou cruzamento de Diallo pela esquerda e emendou um lindo voleio. A bola ainda beijou o poste direito antes de entrar. Três minutos depois, o camisa 10 voltou a marcar, mas o lance foi anulado pelo VAR por impedimento.

A vitória levou a equipe parisiense à liderança isolada do Francês, com 12 pontos, à espera dos resultados de Rennes e Nice, que têm nove e ainda entrarão em campo por esta rodada. Já o Strasbourg tem apenas três pontos e aparece em antepenúltimo lugar.

Se Neymar está sem moral, o mesmo não pode se dizer do zagueiro Marquinhos, que mesmo sem jogar foi homenageado pela torcida com um painel com sua imagem. O outro brasileiro do elenco, o também defensor Thiago Silva atuou durante os 90 minutos, o que também aconteceu com o outro estreante do dia, o goleiro Keylor Navas.

Done a The Epoch Times

Cómo puede usted ayudarnos a seguir informando

¿Por qué necesitamos su ayuda para financiar nuestra cobertura informativa en Estados Unidos y en todo el mundo? Porque somos una organización de noticias independiente, libre de la influencia de cualquier gobierno, corporación o partido político. Desde el día que empezamos, hemos enfrentado presiones para silenciarnos, sobre todo del Partido Comunista Chino. Pero no nos doblegaremos. Dependemos de su generosa contribución para seguir ejerciendo un periodismo tradicional. Juntos, podemos seguir difundiendo la verdad.

TE RECOMENDAMOS