“Trigêmeas incomuns” que apareceram nos jornais há 15 anos, hoje estão irreconhecíveis

“As meninas tiveram êxito graças ao trabalho duro e ao compromisso de sua família. Seu progresso é maravilhoso e inspirador”
Por Jack Phillips
31 de Agosto de 2019 Actualizado: 31 de Agosto de 2019

Macey, Mackenzie e Madeline Garrison estão entre os casos mais raros de trigêmeos do mundo.

Macey e Mackenzie são gêmeas siamesas e agora, após a separação realizada há muito tempo, cada uma tem uma perna e depende de uma prótese. Sua irmã trigêmea, Madeline, não, informou a revista People.

Após o nascimento, sua mãe biológica decidiu que não poderia cuidar delas. Darla e Jeff Garrison, de Iowa, decidiram adotá-las, reconhecendo a urgência das meninas em encontrar um bom lar. Segundo a mídia, os dois já tinham três filhos.

Os Garrison adotaram as três meninas dois anos após a operação, conforme a revista People.

تم النشر بواسطة ‏‎Phénomène "In-expliqué ?" A vous de juger.‎‏ في الاثنين، ٢٣ مارس ٢٠١٥

Em seguida, eles se mudaram da Califórnia para uma fazenda em Iowa. Linda Kontis, co-fundadora do abrigo que as acolheu, disse que as três prosperaram desde então.

“Quando se cuida de crianças com alguma deficiência, quando estão cercadas por pessoas que as tratam como crianças normais, é assim que elas se vêem”, disse Kontis. “Não foram apenas Darla e Jeff, todos acolheram essas meninas como parte da família. E é por isso que elas são garotas fabulosas hoje.”

تم النشر بواسطة ‏‎Phénomène "In-expliqué ?" A vous de juger.‎‏ في الاثنين، ٢٣ مارس ٢٠١٥

Quanto aos pais biológicos, os dois tinham problemas com drogas e não procuraram um médico durante a gravidez.

Mas o cirurgião pediátrico James Stein, do Hospital Infantil de Los Angeles, disse que as gêmeas Macey e Mackenzie tiveram que superar muitas coisas para serem iguais a suas amigas.

“As meninas tiveram êxito graças ao trabalho duro e ao compromisso de sua família. Seu progresso é maravilhoso e inspirador”, disse ele à revista People.

“Eu as vejo amadurecendo”, acrescentou Darla. “Agora que estou na escola, não estou tão disponível, então vejo que elas realmente melhoraram. Elas estão muito orgulhosas disso. Elas fazem muito para quem tem apenas 10 anos.”

تم النشر بواسطة ‏‎Phénomène "In-expliqué ?" A vous de juger.‎‏ في الاثنين، ٢٣ مارس ٢٠١٥

Ele disse que as três aceitaram o trabalho doméstico, acrescentando que, devido ao rápido crescimento, Macey e Mackenzie tiveram que trocar próteses várias vezes ao ano.

Além disso, quando voltou à universidade para estudar, Darla disse que as meninas também se tornaram mais estudiosas.

تم النشر بواسطة ‏‎Phénomène "In-expliqué ?" A vous de juger.‎‏ في الاثنين، ٢٣ مارس ٢٠١٥

“Ainda não chegamos ao ponto em que elas possam sair com as pernas ortopédicas”, disse Darla. “É uma questão de equilíbrio. Você tem que treinar e treinar, e é isso que fazemos com elas na escola.”

Após a adoção, os pais ainda não estavam muito seguros do que iria acontecer.

“Não tínhamos ideia do que esperar, mas elas só precisavam de alguém para amá-las. Ficamos com Madeline quando ela tinha quatro dias e Macey e Mackenzie vieram até nós depois de quatro semanas” Darla disse à revista Closer.

“[Madeline] diz que gostaria de ter apenas uma perna, e fica dando pulos. Mas ela está começando a perceber que ela é sortuda”, acrescentou.

تم النشر بواسطة ‏‎Mackenzie Garrison‎‏ في الاثنين، ١٩ سبتمبر ٢٠١٦

Madeline também adora andar a cavalo e tem ensinado suas irmãs a montar.

“No começo elas tinham muito medo, mas Madeline tem sido uma professora maravilhosa”, acrescentou Darla.

“Gostaria de poder andar de bicicleta como Madeline. Mas consigo pular corda muito melhor”, disse Mackenzie.

A mãe disse que as meninas terão uma expectativa de vida normal, mas sofrem de escoliose severa e precisarão de uma cirurgia para endireitar a coluna.

“Elas passam por testes frequentes para garantir que estão crescendo adequadamente, mas não há razão para que não possam ter uma vida longa e feliz”, explicou ela.

TE RECOMENDAMOS