Venezuela volta a sofrer com problemas de fornecimento de gasolina

Por efe
31 de Diciembre de 2019
Actualizado: 31 de Diciembre de 2019

Caracas, 30 dez – As filas de veículos que esperavam horas nos diferentes postos de combustível aguardando a chegada da gasolina retornaram nesta segunda-feira a Caracas, onde os problemas de abastecimento estão ocorrendo novamente e se multiplicam no interior da Venezuela.

Nas áreas de fronteira, o combustível é escasso e, em Caracas, a situação é cíclica.

A Agência Efe pôde conferir, apenas um tipo de gasolina pode ser comprado nos postos de combustível: a gasolina de 91 octanas, cujo preço é de apenas 0,00001 bolívares, um valor simbólico que, na maioria dos casos, nem é pago.

Seu preço foi assim estabelecido após a reconversão monetária de agosto de 2018, que tirou cinco zeros da moeda local.

Os problemas no fornecimento de combustível começaram a ser sentidos na capital venezuelana há quatro dias e, de acordo com os operadores dos postos de gasolina consultados pela Efe, o combustível de gasolina não atingem 95 octanas desde os último dia 24.

Os motoristas podem esperar até uma hora em Caracas para reabastecer, mas em estados como Lara (oeste) ou regiões de fronteira como Tachira, os motoristas dormem nos postos de combustível.

Done a The Epoch Times

Cómo puede usted ayudarnos a seguir informando

¿Por qué necesitamos su ayuda para financiar nuestra cobertura informativa en Estados Unidos y en todo el mundo? Porque somos una organización de noticias independiente, libre de la influencia de cualquier gobierno, corporación o partido político. Desde el día que empezamos, hemos enfrentado presiones para silenciarnos, sobre todo del Partido Comunista Chino. Pero no nos doblegaremos. Dependemos de su generosa contribución para seguir ejerciendo un periodismo tradicional. Juntos, podemos seguir difundiendo la verdad.

TE RECOMENDAMOS