Legado de Weintraub: ‘O compromisso é mudar a educação e o ensino no Brasil’

Por terça livre
13 de Diciembre de 2019 4:38 PM Actualizado: 13 de Diciembre de 2019 4:38 PM

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, afirmou que o trabalho realizado nos últimos oito meses demonstra o seu compromisso como gestor.

“A gente vai mudar a realidade da educação e do ensino no país. Esse é o meu compromisso”, disse nesta quarta-feira, 11 de dezembro, em sessão da Comissão de Educação da Câmara dos Deputados.

De acordo com o ministro, desde o início de sua gestão, em abril, o trabalho é para melhorar as iniciativas e estratégias da pasta.

“Cheguei aqui [ao MEC] contingenciado, mas nenhuma escola ficou fechada e nenhum hospital universitário fechou. Entregamos tudo e mais do que foi prometido. Ninguém nega o meu compromisso como gestor”, afirmou.

O titular da Educação defendeu a autonomia universitária como forma de assegurar a liberdade de pesquisa, de ensino e de expressão.

Foi a oitava vez que o titular do Ministério da Educação (MEC) compareceu ao Congresso Nacional desde que assumiu o cargo. Hoje, convocado para falar sobre uso de drogas nos campi universitários.

Combate à corrupção

O ministro afirmou que não há no MEC exemplo de falcatrua ou contratos irregulares. Ele destacou que as irregularidades encontradas no ministério são denunciadas.

“Nós mesmos denunciamos. Encaminhamos o que encontramos para Controladoria-Geral da União, Ministério Público ou Polícia Federal”, disse.

Done a The Epoch Times

Cómo puede usted ayudarnos a seguir informando

¿Por qué necesitamos su ayuda para financiar nuestra cobertura informativa en Estados Unidos y en todo el mundo? Porque somos una organización de noticias independiente, libre de la influencia de cualquier gobierno, corporación o partido político. Desde el día que empezamos, hemos enfrentado presiones para silenciarnos, sobre todo del Partido Comunista Chino. Pero no nos doblegaremos. Dependemos de su generosa contribución para seguir ejerciendo un periodismo tradicional. Juntos, podemos seguir difundiendo la verdad.