Presidente argentino defende aborto e diz que dará fim à “hipocrisia”

Alberto Fernández: “Quem é contra o aborto, simplesmente não aborte”
07 de Noviembre de 2019 9:28 AM Actualizado: 07 de Noviembre de 2019 9:28 AM

Por Michael Caceres, Gospel Prime

O presidente argentino Alberto Fernández disse, em evento no México, onde realiza uma visita a políticos e empresários, que “o aborto é parte da hipocrisia argentina” e que pretende legalizar a prática para “colocar um fim a essa hipocrisia”.

Com a narrativa esquerdista sobre a questão, ele afirmou que o aborto é questão de saúde pública e que “não se deve punir a mulher como se estivesse cometendo um delito”.

Segundo a Folha, ele afirmou ainda que diz sem problema que é “favorável ao aborto, em condições seguras, ainda que durante a campanha os adversários quase me acusaram de Satanás por isso”.

Leia também:
Estão cuspindo na sua cara, reaja

E acrescentou: “Quem é contra o aborto, uma solução: simplesmente não aborte”.

No México, onde Fernández está, o aborto é permitido na capital Cidade do México, que tem status de Distrito Federal, e em Oaxaca.

Done a The Epoch Times

Cómo puede usted ayudarnos a seguir informando

¿Por qué necesitamos su ayuda para financiar nuestra cobertura informativa en Estados Unidos y en todo el mundo? Porque somos una organización de noticias independiente, libre de la influencia de cualquier gobierno, corporación o partido político. Desde el día que empezamos, hemos enfrentado presiones para silenciarnos, sobre todo del Partido Comunista Chino. Pero no nos doblegaremos. Dependemos de su generosa contribución para seguir ejerciendo un periodismo tradicional. Juntos, podemos seguir difundiendo la verdad.