Trump afirma que Bolsonaro e o Brasil têm “apoio total e completo dos EUA” diante dos incêndios na Amazônia

Por EFE
27 de Agosto de 2019
Actualizado: 27 de Agosto de 2019

Washington, 27 ago (EFE)- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, elogiou nesta terça-feira a gestão de Jair Bolsonaro para conter os incêndios florestais na Amazônia e exaltou o “grande trabalho” à frente do governo brasileiro.

“Cheguei a conhecer bem o presidente Bolsonaro em nossos contatos com o Brasil. Está trabalhando muito duro nos incêndios da Amazônia e em todos os aspectos está fazendo um grande trabalho para o povo do Brasil”, considerou Trump em sua conta no Twitter.

O líder americano disse que a tarefa do líder brasileiro “não é fácil” e afirmou que tanto Bolsonaro como o Brasil “têm o apoio total e completo dos Estados Unidos”.

Trump fez estes comentários depois que Bolsonaro afirmou hoje que o Brasil aceitará a ajuda de US$ 20 milhões oferecida pelo G7 para combater os incêndios florestais se o presidente da França, Emmanuel Macron, se retratar por tê-lo chamado de mentiroso.

Bolsonaro, em entrevista à imprensa, negou que o Brasil tenha rejeitado a ajuda econômica oferecida pelos países mais industrializados do mundo, mas a condicionou à desculpa de Macron por tê-lo chamado mentiroso.

O presidente da França disse na sexta-feira que seu país não respaldará o acordo de livre-comércio anunciado há dois meses pela União Europeia e o Mercosul porque Bolsonaro supostamente mentiu quando indicou que o Brasil cumpriria com todos seus compromissos ambientais, o que, na sua opinião, foi posto em dúvida pela multiplicação dos incêndios na Amazônia.

Na segunda-feira, na entrevista concedida após a cúpula do G7 em Biarritz (França), Macron afirmou que em algum momento será preciso discutir a possibilidade de dar um “status internacional” à Amazônia para impedir sua destruição.

A declaração foi interpretada no Brasil como uma ameaça à soberania dos países amazônicos sobre a maior floresta tropical do mundo.

Segundo o governo brasileiro, os incêndios florestais ocorrem todos os anos e os meses de agosto e setembro são “críticos” pela seca que afeta a Amazônia, mas os 2019 só são os de maior número nos últimos sete anos e estão longe de recordes registrados na década de 2000.

Done a The Epoch Times

Cómo puede usted ayudarnos a seguir informando

¿Por qué necesitamos su ayuda para financiar nuestra cobertura informativa en Estados Unidos y en todo el mundo? Porque somos una organización de noticias independiente, libre de la influencia de cualquier gobierno, corporación o partido político. Desde el día que empezamos, hemos enfrentado presiones para silenciarnos, sobre todo del Partido Comunista Chino. Pero no nos doblegaremos. Dependemos de su generosa contribución para seguir ejerciendo un periodismo tradicional. Juntos, podemos seguir difundiendo la verdad.

TE RECOMENDAMOS